Ministério da Educação do Japão vai implementar aulas de prevenção de crimes sexuais para jovens estudantes

O Ministério da Educação do Japão pretende introduzir aulas específicas para ensinar as crianças como se prevenir contra a ocorrência de crimes e abusos sexuais.

Autoridades do ministério afirmam que as escolas não ensinam o suficiente sobre o assunto. Ressaltam que alunos do ensino fundamental, principalmente das séries do primeiro ciclo, às vezes nem sequer se dão conta de que são vítimas desse tipo de crime. As aulas visam ensinar as crianças a não expor partes privadas do corpo que são cobertas por roupas de banho a outras pessoas.

As lições voltadas para as séries do segundo ciclo do ensino fundamental, com alunos mais velhos, vão ensinar sobre os perigos relacionados às redes sociais. Para estudantes do segundo ciclo do fundamental e do ensino médio, as aulas vão oferecer discussões sobre violência em namoros e instruir os jovens sobre como evitar que se tornem tanto vítimas como abusadores.

O ministério pretende dar início a aulas tentativas em algumas municipalidades já a partir do próximo ano letivo que se inicia em abril.

A pasta planeja implementar as aulas em todo o país em 2023, após preparar os materiais de ensino e as diretrizes.