Por meio de conversa telefônica, presidentes de Rússia e China reafirmam cooperação

Os presidentes Vladimir Putin, da Rússia, e Xi Jinping, da China, reafirmaram sua aliança, em antecipação à mudança de governo nos Estados Unidos em janeiro do próximo ano.

O escritório presidencial russo anunciou a realização de uma conversa telefônica entre os dois líderes na segunda-feira. De acordo com o escritório, “os líderes elogiaram os laços bilaterais, declarando que eles puderam atingir o nível mais alto na história, e que são verdadeiramente benéficos para ambos os lados”. Acrescentou que os presidentes reafirmaram sua vontade compartilhada de acelerar a cooperação no cenário internacional.

O Ministério das Relações Exteriores da China mencionou uma declaração de Xi Jinping segundo a qual a cooperação estratégica entre Pequim e Moscou é capaz de resistir efetivamente a quaisquer tentativas de suprimir e dividir os dois países.

As Forças Armadas da China e da Rússia conduziram operações de vigilância conjuntas com bombardeiros estratégicos sobre o Mar do Japão e o Mar da China Oriental no dia 22 de dezembro.

A reunião telefônica de segunda-feira é tida como uma tentativa de reforçar os laços bilaterais antes da posse do presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, no próximo mês. Espera-se que Biden adote políticas de linha-dura em relação à Rússia e China.