Maioria dos japoneses sentem impacto psicológico da pandemia

Um estudo do governo japonês sobre o impacto psicológico da pandemia do novo coronavírus indica que a maioria da população tem sofrido de ansiedade.

A pesquisa online realizada em setembro foi a primeira sobre o tema conduzida pelo Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar Social. Mais de 10 mil pessoas responderam sobre como a pandemia influenciou a saúde mental deles.

Segundo os resultados divulgados neste mês, cerca de metade dos respondentes afirmaram ter ficado preocupados durante o período da pesquisa, entre fevereiro e setembro.

Sobre o motivo, mais de 60% expressaram temor de que eles ou familiares pudessem se infectar.

Representantes da pasta afirmam que vão reforçar medidas de assistência psicológica já que a atual terceira onda de infecções no país pode agravar o problema.