Japão intensifica medidas para viajantes provenientes da África do Sul

O governo japonês intensificou medidas para viajantes provenientes da África do Sul, onde uma nova variante do coronavírus foi encontrada.

O Japão começou a recusar as pessoas vindas da África do Sul no sábado. Japoneses e não japoneses que tiverem status de residente no Japão podem entrar no país. Contudo, eles estão sendo solicitados para ficar em isolamento por 14 dias após chegada ao país.

Os japoneses que estiverem voltando da África do Sul estão sendo solicitados para mostrar prova de que testaram negativo no período de 72 horas antes da partida. Os não japoneses com status de residente no Japão já estavam sendo solicitados para seguir o mesmo procedimento.

Medidas similares estão sendo adotadas para as pessoas que chegarem do Reino Unido, onde uma outra variante do vírus está se alastrando.

O Japão confirmou, na sexta-feira, que 5 pessoas retornando do Reino Unido testaram positivo para a nova variante. Eles chegaram ao Japão entre 18 e 21 de dezembro.

O Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar Social do Japão diz acreditar que os 5 indivíduos não chegaram a disseminar o vírus no país, uma vez que estão em autoisolamento em hotéis, após testarem positivo nas checagens do vírus em aeroporto.