Presidente da França encerra período de isolamento após contrair Covid-19

A França informou que o presidente Emmanuel Macron não apresenta mais sintomas de Covid-19 e que vai finalizar seu período de isolamento.

A declaração foi emitida pelo escritório presidencial na quinta-feira.

Macron testou positivo para o vírus em 17 de dezembro após ter apresentado sintomas leves da doença. Pouco depois, ele teve tosse e uma forte fadiga. Ainda assim, continuou a exercer suas atividades em autoisolamento em um retiro próximo de Paris.

Na declaração, Macron pediu novamente ao público que limite o contato com outras pessoas e que tome precauções tais como fazer uso de máscaras de proteção.

O toque de recolher às 20 horas imposto no país foi suspenso temporariamente, por um dia, na véspera do Natal.

O presidente francês compareceu a jantares com chefes de Estado e membros de alto escalão do partido governista de seu país antes de receber resultado positivo para o vírus.

Entre os contatos próximos que tiveram que se isolar após se encontrarem com Macron estão o primeiro-ministro espanhol Pedro Sánchez e o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel.