Índice Nikkei bate recorde pelo 3º dia seguido na bolsa de Tóquio

O principal índice da Bolsa de Valores de Tóquio atingiu valor recorde nesta quinta-feira, fechando o pregão acima da marca de 42 mil pontos pela primeira vez na história.

Composto de 225 papéis selecionados, o índice fechou a 42.224 pontos, com aumento de 392 pontos em relação ao final de quarta-feira. Superou o recorde anterior pelo terceiro dia consecutivo.

Foram feitos pedidos de compra de uma ampla variedade de ações, como as de fabricantes de semicondutores e as de empresas de alta tecnologia, o que levou o Nikkei a subir momentaneamente mais de 500 pontos, acima da marca de 42.400 pontos.

O índice Topix, mais abrangente, também estabeleceu um novo recorde. Terminou o dia a 2.929 pontos, com aumento de 19 pontos.

A elevação acentuada é registrada depois que os principais índices de ações de Nova York apresentaram recordes na quarta-feira, seguindo-se às declarações feitas pelo presidente do Federal Reserve (Fed) a uma comissão da Câmara dos Deputados americana no mesmo dia. Jerome Powell sugeriu que a inflação está caindo, o que levou à especulação de que a instituição venha a reduzir a taxa básica de juros já em setembro.

Avalia-se que crescentes expectativas de investidores estrangeiros em relação ao desempenho de empresas japonesas também contribuam para fortalecer as ações em Tóquio.