Aliança de esquerda emerge como maior força na Câmara Baixa francesa

O Ministério do Interior da França diz que a aliança de esquerda Nova Frente Popular emergiu como a maior força na Câmara Baixa do parlamento como resultado do segundo turno da eleição que aconteceu no domingo. Mas o bloco ficou aquém da maioria.

O ministério diz que a Nova Frente Popular conquistou 180 dos 577 assentos na Assembleia Nacional. Acrescenta que o campo governante centrista do presidente Emmanuel Macron conquistou 158, enquanto o partido de extrema-direita Reunião Nacional e seus aliados obtiveram 143.

O Reunião Nacional obteve a maior parte dos votos no primeiro turno da eleição em 30 de junho. Mas a Nova Frente Popular uniu forças com o campo dominante de Macron para apresentar candidatos unificados, como parte de seus esforços para enfrentar o Reunião Nacional no segundo turno.

Macron convocou esta eleição repentina quando sua coalizão sofreu uma grande derrota diante do Reunião Nacional nas eleições para o Parlamento Europeu em junho.