Subsidiária da Toyota é repreendida por tratamento de subcontratados

A Comissão de Regulamentação do Comércio do Japão emitiu uma notificação a uma subsidiária da Toyota Motor por tratamento injusto de firmas subcontratadas. A comissão informou que a empresa violou a lei de pagamento de subcontratados e solicitou que ela adotasse medidas para evitar uma reincidência.

A empresa Toyota Customizing & Development supostamente forçou quase 50 subcontratados a manter centenas de itens em estoque sem pagar as taxas exigidas.

Segundo a comissão, a empresa também não realizou inspeções nas peças entregues. Posteriormente, efetuou devoluções sem justificativas. Isto fez com que mais de 60 fornecedores sofressem prejuízo de cerca de 54 milhões de ienes, ou aproximadamente 336 mil dólares.

A Comissão de Regulamentação do Comércio declarou que isto violou a Lei de Subcontratação e instruiu a empresa a implementar medidas preventivas.

A subsidiária realizou uma entrevista coletiva em Tóquio na sexta-feira e admitiu os fatos. A empresa comunicou ter coberto o valor total das perdas causadas pelas devoluções sem justificativa e que pagará taxas de estoque aos subcontratados armazenando peças da empresa.