Partido Trabalhista do Reino Unido obtém vitória esmagadora

Estão chegando ao fim 14 anos de governo conservador no Reino Unido com a conquista da maioria dos assentos, na eleição geral, pela maior sigla da oposição, o Partido Trabalhista.

O líder do partido, Keir Starmer, declarou vitória e deve ir já na sexta-feira ao Palácio de Buckingham para assumir o cargo de primeiro-ministro.

Starmer disse: “Conseguimos! A mudança começa agora” a seus simpatizantes depois que seu partido venceu a eleição.

E prosseguiu: “Começamos o próximo capítulo, iniciamos o trabalho de mudança, a missão de renovação nacional e começamos a reconstruir nosso país”.

Segundo a BBC o Partido Trabalhista obteve mais de 400 dos 650 assentos na Câmara dos Comuns. Previsões indicam que o Partido Trabalhista tenha obtido cerca do dobro do número dos seus assentos na eleição de quinta-feira, e que os conservadores, do primeiro-ministro Rishi Sunak, tenham perdido mais da metade dos seus.

Rishi Sunak admitiu sua derrota, e afirmou que o Partido Trabalhista, de oposição, havia vencido.

Sunak disse: “Liguei para Sir Keir Starmer para parabenizá-lo por sua vitória”. Ele acrescentou que assumirá a responsabilidade pela derrota e pediu desculpas dizendo: "Lamento."

Entre as principais questões desta eleição estavam a economia, a saúde e a imigração.

Aumentos salariais não conseguiram acompanhar o aumento do custo de vida.

O declínio no padrão de vida e uma série de escândalos alimentaram uma insatisfação generalizada com o governo.