Base aérea dos EUA em Tóquio retoma voos de aeronaves Osprey após acidente fatal

As forças armadas dos EUA retomaram voos com aeronaves de transporte do modelo Osprey estacionadas na Base Aérea de Yokota, no oeste de Tóquio. A retomada vem após uma suspensão nos voos devido a um acidente fatal ocorrido no final do ano passado.

A queda da aeronave do tipo rotor basculante ocorreu em novembro, ao largo da província de Kagoshima, sudoeste do Japão. Todos os oito tripulantes a bordo foram mortos.

Após o acidente, as forças armadas dos EUA paralisaram os voos de Ospreys do mesmo tipo, incluindo cinco que estão estacionados na Base Aérea de Yokota.

Na manhã de terça-feira (2), o Ministério da Defesa do Japão confirmou que uma das aeronaves decolou da base e voou por cerca de 15 minutos.

Autoridades de defesa japonesas dizem que não receberam nenhum aviso prévio por parte dos EUA sobre a retomada dos voos.

Desde março, os EUA vêm retomando gradualmente as operações envolvendo aeronaves do modelo Osprey em múltiplas localidades, incluindo a Estação Aérea de Futenma do Corpo de Fuzileiros Navais, localizada na província de Okinawa, sul do Japão. O acidente ainda está sob investigação.

O Ministério da Defesa do Japão declara ter confirmado com a representação dos EUA que medidas de segurança estão sendo tomadas antes da retomada dos voos.

O ministério reitera que fará todos os esforços para a garantia da segurança, cooperando de perto com os Estados Unidos.