Força Aérea dos EUA diz que compreende consternação sobre alegação de abuso sexual

Um oficial de relações públicas da 18ª Ala da Força Aérea dos EUA emitiu um comentário à NHK dizendo que a unidade entende e compartilha as preocupações da comunidade sobre a alegada agressão sexual cometida por um de seus membros.

Brennon Washington foi indiciado por abusar sexualmente de uma garota menor de idade na província de Okinawa, no sul do Japão.

O comentário diz: “A liderança da ala está profundamente preocupada com a gravidade desta alegação criminal”. E acrescenta que a unidade “trabalhou diligentemente com as autoridades locais para investigar em detalhes as acusações e, ao mesmo tempo, garantir o devido processo legal em conformidade com as leis e acordos aplicáveis”.

A declaração diz que todos os militares americanos devem manter comportamento de mais alto nível, e que as forças dos EUA estão comprometidas em responsabilizar quem quer que tenha sido condenado por atos criminosos.