Museu de Arte Contemporânea do Século 21 é reaberto após recuperação de danos do terremoto de Ano-Novo

Um popular museu japonês na cidade de Kanazawa foi completamente reaberto quase seis meses depois que um grande terremoto atingiu a Península de Noto no dia de Ano-Novo.

O Museu de Arte Contemporânea do Século 21, em Kanazawa, foi forçado a fechar muitas de suas exposições devido aos danos causados pelo terremoto.

Mas seus espaços de exposição foram todos reabertos no sábado, após a conclusão das medidas de segurança.

Os visitantes voltaram a poder apreciar a popular exposição do artista Leandro Erlich intitulada “A piscina”, que faz com que os visitantes se sintam como se estivessem andando no fundo de uma piscina cheia.

Pessoas foram vistas olhando para a água que corria acima delas sobre um vidro transparente enquanto tiravam fotos com smartphones.

O museu também abriu uma exposição especial com uma coleção de itens para celebrar o 20º aniversário da inauguração da instalação. Muitos visitantes foram vistos apreciando as obras de arte em exibição.

Uma mulher na casa dos 20 anos da província de Shiga disse que ficou satisfeita com o fato de o espaço de exposição ter sido totalmente reaberto bem a tempo de sua visita à cidade. Ela acrescentou que o dinheiro gasto por visitantes poderá contribuir para a reconstrução pós-desastre.