Japão e EUA realizam reunião para que navios militares americanos passem por reparos em território japonês

O Japão e os Estados Unidos realizaram sua primeira reunião de trabalho com o objetivo de fazer com que embarcações militares americanas passem por manutenção e reparos em território japonês.

Isso se segue a um acordo fechado na cúpula entre os dois países em abril. Eles concordaram em criar uma estrutura para que empresas japonesas realizem manutenção e reparos extensivos em navios de guerra da Marinha americana.

Entre os participantes da reunião de terça-feira estavam o comissário da Agência de Aquisição, Tecnologia e Logística do Ministério da Defesa do Japão, Fukasawa Masaki, funcionários do Departamento de Defesa dos Estados Unidos e o embaixador americano no Japão, Rahm Emanuel.

Fukasawa afirmou acreditar que ter mais oportunidades de realizar manutenção em navios da Marinha dos Estados Unidos em estaleiros japoneses fortalecerá a dissuasão da aliança nipo-americana. Ele confirmou que reuniões de trabalho serão realizadas regularmente para discutir sistemas específicos e cooperação.

Após a reunião, Emanuel declarou a repórteres que a manutenção e reparos de embarcações são fatores importantes para a dissuasão. Ele disse: “O Japão e seus estaleiros podem desempenhar um papel essencial em nossa projeção estratégica de dissuasão”. O embaixador se referia a uma área em que a Marinha de seu país desempenha um papel essencial.