Governo faz investigação local na Honda sobre testes de segurança fraudados

O Ministério dos Transportes, Infraestrutura e Turismo do Japão enviou uma equipe de investigadores à sede da Honda Motor como parte de uma investigação sobre falsificação de dados em testes rodoviários e de segurança de veículos.

A Honda se junta a outros três fabricantes de veículos que receberam visitas de funcionários do ministério na ampla investigação.

A equipe de cinco funcionários do Ministério dos Transportes entrou na sede da Honda em Tóquio na segunda-feira.

O ministério diz que a Honda realizou testes de ruído irregulares em 22 modelos anteriores. Diz-se também que o peso dos carros excedeu as faixas especificadas, o que não foi refletido nos relatórios dos testes.

Além disso, o ministério afirma que a empresa falsificou dados em testes de potência de motores em alguns modelos.

O ministério planeja investigar mais detalhadamente os dados de teste da Honda, que são usados para obter a certificação rodoviária e de segurança do veículo, e as políticas internas de gerenciamento.

As autoridades entrevistarão funcionários envolvidos nos testes, bem como executivos.

A Honda é a quarta fabricante de veículos a ser inspecionada pelo governo por causa de dados de testes irregulares. As outras três são Toyota, Yamaha e Suzuki.

Além dessas empresas, a Mazda também relatou, em 3 de junho, irregularidades nos testes de desempenho de veículos.