Fontes revelam detalhes de planejado acordo de auxílio entre Japão e Ucrânia

A NHK tomou conhecimento dos detalhes de um documento bilateral que estabelece medidas de apoio que o Japão oferecerá à Ucrânia. Fontes informam que o governo japonês planeja assinar o documento com a Ucrânia nos bastidores da cúpula do Grupo dos Sete, que será realizada na próxima semana na Itália.

Preparativos estariam em andamento para que o premiê Kishida Fumio e o presidente Volodymyr Zelenskyy dialoguem e assinem o documento.

A NHK obteve informações de que o documento deve comunicar que o Japão vai continuar a fornecer auxílio de segurança e defesa à Ucrânia de acordo com a estrutura da Constituição japonesa. As medidas vão incluir o fornecimento de equipamentos e suprimentos não letais, o tratamento de soldados ucranianos feridos e a cooperação no campo da inteligência.

Quanto à reconstrução, acredita-se que o documento vai indicar que o Japão oferecerá apoio na remoção de minas terrestres, na melhoria da situação humanitária de mulheres e crianças, com a reconstrução de suas vidas, e no desenvolvimento do setor agrícola.

O documento terá validade de dez anos e vai confirmar o apoio contínuo do Japão à Ucrânia.

Em julho do ano passado, mais de 30 países, incluindo o Japão, se comprometeram a elaborar pactos bilaterais para deixar claro o apoio à Ucrânia em meio ao prosseguimento da invasão russa. Até o momento, 15 países já teriam assinado os documentos com a Ucrânia.