NHK Responde: Como ajudar que crianças estrangeiras sejam matriculadas em escolas no Japão (25) — Situação na província de Kyoto

Em levantamento próprio, o governo japonês constatou a possibilidade de que mais de 8 mil crianças estrangeiras não frequentem escolas no Japão. Há receios de que, sem educação escolar, as crianças venham a sofrer impactos negativos, seja pela falta de oportunidades suficientes para aprender japonês, seja por dificuldades de receber educação superior e obter emprego.

A NHK divulga informações que auxiliam crianças com ascendência estrangeira a se matricular na escola, de modo a garantir que todas tenham acesso à educação. Esta série traz informações e dicas assistenciais para orientar a admissão de crianças estrangeiras em escolas de seis províncias da região de Kansai, onde vivem 17,9% das que estariam fora dos bancos escolares no país. A província desta edição é a de Kyoto.

O conselho de educação provincial estima que 25 crianças estrangeiras estejam fora da escola.

O Centro Internacional da Província de Kyoto presta orientação a estrangeiros residentes na província em 23 idiomas. O telefone do centro é o 075-681-4800. Orientação é prestada por telefone ou no próprio centro, das 10 horas às 17 horas, diariamente, exceto terças-feiras, feriados nacionais e período de feriados de fim de ano/Ano-Novo. Estão disponíveis em nove idiomas informações ilustradas que explicam o sistema de ensino do Japão, o procedimento de matrícula e a vida escolar. Pode-se baixar no site do centro o material em inglês, chinês, filipino, coreano, vietnamita, tailandês, indonésio, espanhol e português.

O guichê de informações para estrangeiros da prefeitura de Kyoto presta orientação a moradores da cidade sobre procedimentos administrativos de várias áreas, incluindo educação. A orientação é prestada em inglês, chinês e vietnamita. O telefone para contato é o 075-752-1166. Convém verificar detalhes no próprio site, pois os dias e os horários disponíveis variam conforme cada idioma. Para quem enfrenta dificuldades de comunicação em órgãos ou instituições municipais, como escritórios administrativos de bairros ou escolas, o guichê de assistência oferece tradução por telefone. Na Casa Comunitária Internacional de Kyoto, em Sakyo-ku, onde fica o guichê, está disponível orientação presencial em coreano, vietnamita, nepalês, indonésio, tagalo, tailandês, espanhol e português.

Estrangeiros da província de Kyoto que desejem matricular crianças em escolas públicas do Ensino Fundamental precisam comunicar esta intenção ao se registrar como residentes na prefeitura da sua localidade. Entre em contato com o departamento de serviços ao cidadão na sede da prefeitura ou no conselho de educação do seu município se não tiver realizado o procedimento necessário ou se ainda não tiver se registrado como residente.

Orientação em português para brasileiros residentes na região de Kansai é prestada pela organização sem fins lucrativos Comunidade Brasileira de Kansai CBK. Interessados devem ligar para o número 078-222-5350 aproximadamente das 11 horas às 16 horas em dias úteis, exceto às segundas-feiras.

Na cidade de Kobe, da província de Hyogo, a organização não governamental Vietnam yeu men Kobe oferece orientação em vietnamita e japonês para residentes vietnamitas da região de Kansai, incluindo Kyoto. O número para contato é o 078-736-2987.

Estas informações são de junho de 2024.