Toyota e Mazda suspendem produção de 5 modelos a partir de quinta-feira

A Toyota e a Mazda, duas das cinco montadoras japonesas que descobriram má conduta ao realizarem uma investigação interna ordenada pelo governo japonês, suspenderam a produção dos modelos afetados a partir desta quinta-feira.

Foi descoberto na segunda-feira que Toyota, Mazda, Yamaha, Honda e Suzuki falsificaram testes de desempenho para obter certificações governamentais para seus veículos.

Destas, a Toyota e a Mazda suspenderam a produção de um total de cinco modelos, de acordo com uma ordem do Ministério dos Transportes, Infraestrutura e Turismo para interromper os embarques dos veículos.

A Toyota vai deixar de produzir seu Yaris Cross e dois outros modelos em fábricas situadas nas províncias de Miyagi e Iwate até 28 de junho.

Já a Mazda está interrompendo a produção de seu Mazda2 e de outro veículo em unidades fabris localizadas nas províncias de Hiroshima e Yamaguchi.

Aumentam as preocupações quanto ao impacto que a suspensão da produção vai acarretar nas economias locais e nos parceiros de negócios das montadoras.

O volume de produção no ano fiscal de 2023 dos modelos cuja produção está sendo afetada pela suspensão foi de um total de 130 mil unidades para a Toyota e de 15 mil unidades para a Mazda.