Salário básico médio no Japão teve aumento de 2,3% em abril

Estatísticas do governo do Japão mostram que o salário mensal básico médio no país aumentou 2,3% em abril em relação ao ano anterior, mas que os salários reais continuam caindo.

O Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar Social divulgou números preliminares de um levantamento junto a mais de 30 mil empresas com pelo menos cinco funcionários.

Os números mostram que o salário médio, deduzindo horas extras em abril, foi de 264.503 ienes, ou cerca de 1.700 dólares. Isso representa uma elevação de 2,3% em relação ao mesmo mês do ano anterior — a taxa de crescimento mais acentuada em cerca de 30 anos.

Quanto ao salário total por trabalhador, incluindo salário-base e horas extras, a média foi de 296.884 ienes, ultrapassando 1.910 dólares. Isso representa uma alta de 2,1% — o 28º mês consecutivo de aumento ano a ano.

Os salários reais ajustados pela inflação caíram 0,7%, marcando o 25º mês consecutivo de queda. Essa é a tendência de recuo mais longa já registrada. Isso mostra que o crescimento dos salários não conseguiu acompanhar a alta dos preços.

Segundo funcionários do ministério, aumentos salariais acentuados garantidos durante as negociações anuais aparentemente resultaram em salários básicos mais altos, mas a alta dos preços continua ocasionando um forte impacto. Eles afirmaram que algumas empresas devem elevar os salários ainda este ano. Os funcionários disseram que estarão atentos para ver se os salários reais também crescem.