Imperatriz Masako, do Japão, alimenta bichos-da-seda seguindo tradição imperial

A imperatriz Masako participou de um evento tradicional da família imperial japonesa, que consiste em dar alimentos a bichos-da-seda.

As imperatrizes japonesas têm transmitido a prática da sericultura desde o final do século XIX.

Nesta terça-feira, a imperatriz foi a uma instalação dentro do complexo do Palácio Imperial, em Tóquio, onde os bichos-da-seda são cultivados. Ela deu folhas de amoreira a bichos-da-seda de uma espécie doméstica chamada “koishimaru”, que, atualmente, encontram-se com cerca de três centímetros de comprimento.

Funcionários da Agência da Casa Imperial disseram que a Imperatriz ficou satisfeita ao ver os insetos aparecerem rapidamente de debaixo das folhas.

Bichos-da seda de três outras espécies também são cultivados no palácio e diz-se que alguns já estão fiando casulos.

Os funcionários disseram, também, que a Imperatriz colherá os casulos. Segundo a agência, a seda produzida na instalação será usada na confecção de presentes para dignatários estrangeiros.