Engenheiros japoneses desenvolvem primeiro satélite de madeira do mundo

Engenheiros no Japão desenvolveram o primeiro satélite do mundo feito de madeira. Eles esperam provar que a madeira pode ser usada no espaço.

A Universidade de Kyoto e a fabricante de casas de madeira Sumitomo Forestry desenvolveram em conjunto o satélite — uma sonda de 10 centímetros cúbicos com painéis de madeira que cobrem suas seis faces.

O satélite é equipado com dispositivos para medir distorção e temperatura interna.

A maioria dos satélites é projetada para se fragmentar e queimar ao reentrar na atmosfera.

No entanto, a queima de satélites convencionais feitos de metal pode gerar partículas que afetam negativamente as condições do tempo e as telecomunicações. Com a madeira, esses efeitos podem ser reduzidos.

O satélite de madeira será carregado em um foguete programado para ser lançado dos EUA em setembro e levado para a Estação Espacial Internacional. A partir daí, ele será lançado no espaço para coletar dados.

O astronauta e professor da Escola de Pós-Graduação da Universidade de Kyoto, Doi Takao, diz que espera provar que a madeira é um material durável no espaço. Ele explica que à medida que cada vez mais satélites são lançados, os impactos negativos não podem ser ignorados.