Terremoto não teria causado irregularidades em duas usinas nucleares às margens do Mar do Japão

A Autoridade de Regulação Nuclear do Japão informa que, após o terremoto da manhã desta segunda-feira, nenhuma irregularidade foi constatada em duas usinas nucleares situadas às margens do Mar do Japão.

Na usina nuclear Kashiwazaki-Kariwa, situada na província de Niigata, a intensidade do tremor foi de 4 na escala sísmica japonesa, que vai de 0 a 7.

Foi de 3 a intensidade registrada na usina nuclear de Shika, que se situa na província de Ishikawa.

Segundo o órgão, os níveis de radiação estão inalterados nos complexos.

Todos os reatores das duas usinas permanecem desligados por um longo período.