Titulares da defesa de Japão, EUA e Coreia do Sul discutem cooperação em segurança regional

Os titulares da defesa do Japão, dos Estados Unidos e da Coreia do Sul discutiram inquietações compartilhadas a respeito da segurança regional e medidas para tornar efetiva uma cooperação trilateral na área.

Dialogaram domingo por cerca de uma hora em Singapura o ministro da Defesa do Japão, Kihara Minoru; o secretário de mesma pasta dos Estados Unidos, Lloyd Austin; e o ministro da Defesa da Coreia do Sul, Shin Won-sik.

Em comunicado conjunto divulgado após as negociações, as três autoridades expressam preocupação com a tentativa feita em 27 de maio pela Coreia do Norte de lançar um satélite militar. Além disso manifestam determinação de instar Pyongyang a cessar imediatamente quaisquer outras atividades desestabilizadoras.

Os titulares da defesa decidiram intensificar a cooperação mútua com a realização de novos exercícios trilaterais ainda nesta estação do ano em vários planos, incluindo forças terrestres, marítimas e aéreas. Também foi decidida a realização de um exercício trilateral de simulação de combates para o estudo de meios de responder às questões de segurança regional.

O objetivo comum é institucionalizar a cooperação trilateral em segurança, incluindo compartilhamento de informações e exercícios trilaterais, de modo a contribuir para a paz e a estabilidade na ampla região dos oceanos Índico e Pacífico.

As três autoridades reafirmaram que, em vista do aumento das atividades marítimas da China, “se opõem fortemente a qualquer tentativa unilateral de mudar o status quo nas águas do Indo-Pacífico”.

Reiteraram ainda a importância da paz e da estabilidade no Estreito de Taiwan e defenderam uma resolução pacífica das questões relacionadas.