Japão vai fornecer 330 milhões de dólares para reconstrução de Ishikawa, província atingida por terremoto

O governo do Japão decidiu fornecer mais de 300 milhões de dólares em ajuda financeira à província de Ishikawa, destinados à recuperação dos enormes danos causados pelo terremoto do dia de Ano-Novo.

A decisão foi tomada na sexta-feira durante uma reunião de força-tarefa sobre o terremoto na Península de Noto. O primeiro-ministro Kishida Fumio e o ministro de Gerenciamento de Desastres Matsumura Yoshifumi participaram da reunião.

As autoridades decidiram fornecer 52 bilhões de ienes, cerca de 330 milhões de dólares, para um fundo de reconstrução que será criado pela província de Ishikawa. O dinheiro virá de receitas fiscais dedicadas a necessidades especiais de governos locais.

Espera-se que o fundo seja usado na realização flexível de projetos necessários, como a reconstrução de moradias e a restauração de infraestrutura na província.

As autoridades concordaram também em fornecer o mesmo tipo de auxílio às províncias de Niigata e Toyama para reforçar o apoio. As duas províncias sofreram danos causados por liquefação do solo devido ao terremoto.

Kishida disse que as autoridades finalizaram o valor do apoio a Ishikawa depois de considerar a situação em seis cidades e vilarejos que sofreram danos particularmente graves na Península de Noto.

O premiê japonês disse que os municípios têm uma alta taxa de envelhecimento da população e baixo poder financeiro. Ele acrescentou que o governo vai se esforçar para que as pessoas atingidas pelo desastre possam voltar às suas casas, recuperar seus empregos e promover a reconstrução criativa.