Japão doa trilhos à Ucrânia para ajudar a reconstruir redes de transporte

O Japão está fazendo uma concessão de trilhos de trem à Ucrânia para ajudar a reconstruir suas redes ferroviárias gravemente danificadas pela invasão russa.

Uma cerimônia de entrega foi realizada em Kiev na terça-feira. Os participantes incluíram o embaixador japonês, Matsuda Kuninori, e funcionários da Agência de Cooperação Internacional do Japão (Jica).

A Jica fornecerá, ao todo, 25 mil toneladas de trilhos, que perfarão cerca de 190 quilômetros de ferrovias. Eles estão sendo transportados do Japão para a Polônia por navio e depois entregues por trem, com o primeiro lote já tendo chegado. Empilhadeiras e outros equipamentos também serão fornecidos.

A Ucrânia enfrenta dificuldades em adquirir trilhos no mercado interno depois que a usina siderúrgica Azovstal, na cidade oriental de Mariupol, foi destruída pelas forças russas.

O chefe da operadora ferroviária estatal, Yevhen Liashchenko, disse que o apoio do Japão é de importância crítica, acrescentando que “os trilhos são o sangue” da infraestrutura ucraniana. Ele afirmou que a operadora ferroviária do país quer usar os trilhos imediatamente.

O chefe do escritório da Jica na Ucrânia, Matsunaga Hideki, disse que o Japão tem amplo conhecimento sobre ferrovias e que a Ucrânia tem grandes esperanças para o apoio do Japão. Ele disse que a agência continuará ajudando o país.