Placas de cobre são roubadas do telhado de santuário xintoísta ao norte de Tóquio

Um santuário xintoísta da cidade de Ashikaga, na província de Tochigi, ao norte de Tóquio, fez uma queixa sobre o roubo de placas de cobre do telhado de suas instalações.

Na manhã de segunda-feira, o sumo sacerdote do santuário Kabasaki Hachimangu notificou a polícia sobre o desaparecimento de aproximadamente 200 placas de cobre do telhado do pavilhão principal, designado pela cidade como um patrimônio cultural. Cerca de 70 outras placas estavam faltando na parede que circunda o pavilhão principal.

Segundo a polícia, as placas de cobre medem cerca de 14 por 56 centímetros cada. O prejuízo total gira em torno dos 4 milhões de ienes, cerca de 25.500 dólares.

Acredita-se que as placas de cobre tenham sido roubadas entre as 18h00 de domingo, quando um funcionário do santuário inspecionou o local, e a manhã de segunda-feira.

Segundo o sumo sacerdote Sagehashi Teruyuki é ultrajante alguém colocar os pés no telhado de um santuário e arrancar as placas de cobre. Sagehashi diz que vai considerar medidas de segurança, como a instalação de câmeras de vigilância.