Ministros da Defesa do Japão e da Coreia do Sul devem discutir retomada de intercâmbios

Os ministros da Defesa do Japão e da Coreia do Sul devem discutir a retomada de intercâmbios entre as Forças de Autodefesa do Japão e as Forças Armadas sul-coreanas.

Fontes do governo japonês afirmam que está sendo feita coordenação para uma reunião entre o ministro da Defesa do Japão, Kihara Minoru, e o da Coreia do Sul, Shin Won-sik, à margem do Diálogo de Shangri-La, que terá início em 31 de maio em Singapura.

Os intercâmbios entre as Forças de Autodefesa e os militares sul-coreanos foram suspensos, após um incidente de radar em 2018. O governo japonês diz que um destróier da Marinha sul-coreana direcionou um radar de controle de disparo para uma aeronave de patrulha das Forças de Autodefesa, que sobrevoava o Mar do Japão. Contudo, a Coreia do Sul afirma que seu navio não alvejou o avião.

Com a melhora das relações bilaterais, ministros da Defesa do Japão e da Coreia do Sul concordaram no ano passado em acelerar as conversações sobre questões, incluindo medidas para evitar tais incidentes.

Kihara e Shin não devem realizar discussões profundas sobre o incidente de radar, uma vez que os dois lados continuam em divergência sobre o assunto. Entretanto, é provável que se concentrem em medidas para evitar uma recorrência, com base em padrões internacionais.

Os ministros devem também discutir a retomada de intercâmbios e exercícios conjuntos.