Forças de Autodefesa do Japão vão participar de exercício militar dos EUA em junho

O Ministério da Defesa do Japão informa que as Forças de Autodefesa do país vão participar pela primeira vez em junho de um exercício de treinamento de grande escala dos militares dos EUA.

O anúncio sobre a participação das Forças de Autodefesa do Japão no exercício bienal Valiant Shield foi feito pelo ministério da sexta-feira. O exercício será realizado por duas semanas a partir do início de junho no Havaí, em Guam, nas Filipinas e no Japão. Algumas instalações das Forças de Autodefesa no Japão, excetuando as de Okinawa e Shikoku, sediarão alguns dos exercícios.

Segundo o ministério, caças dos EUA realizarão exercícios na Base Aérea da Força de Autodefesa Marítima de Hachinohe, na província de Aomori, e na Base Aérea de Matsushima, da Força Aérea de Autodefesa, na província de Miyagi.

Os militares dos EUA e as Forças de Autodefesa farão conjuntamente um exercício de restauração de uma pista na ilha Ioto, no Oceano Pacífico.

Neste ano, pela primeira vez, o Valiant Shield será realizado dentro de uma estrutura multinacional. Aparentemente, os militares dos EUA pretendem incrementar a dissuasão melhorando sua capacidade de reação contra contingências em áreas ao redor do Japão e enfatizando a cooperação com as nações parceiras.

O ministro da Defesa, Kihara Minoru, disse que será significante fortalecer a dissuasão da aliança Japão-EUA e expandir a parceria com países de mentalidade semelhante, já que a situação de segurança ao redor do Japão está ficando cada vez mais tensa.