Quatro empresas japonesas vão à Ucrânia para discutir projetos de reconstrução

Representantes de quatro empresas japonesas visitaram Kiev, a capital da Ucrânia, para discutir projetos de reconstrução no país.

O grupo incluiu funcionários de empresas que fabricam aparelhos de detecção e remoção de minas terrestres. Outros eram de empresas que lidam com a reconstrução de infraestrutura.

Os representantes estiveram em Kiev nos dias 22 e 23 de maio e se reuniram com funcionários do Serviço Estatal de Emergência, do Ministério da Economia e de empresas estatais. Os participantes discutiram como vão cooperar.

O governo japonês já forneceu detectores de minas terrestres para a Ucrânia. Durante as discussões sobre projetos de remoção dessas minas, foram mencionadas sessões de treinamento e assistência tecnológica de longo prazo para ensinar funcionários a usar tal equipamento.

Anteriormente, o governo japonês havia emitido um alerta pedindo a todos os cidadãos japoneses que saíssem da Ucrânia. Em fevereiro, restrições de viagem para Kiev foram afrouxadas para empresas e organizações envolvidas na reconstrução do país.