UNRWA comunica suspensão da distribuição de alimentos em Rafah

A Agência das Nações Unidas de Assistência aos Refugiados da Palestina (UNRWA), comunicou a suspensão temporária da distribuição de alimentos na cidade de Rafah, no sul da Faixa de Gaza, por falta de suprimento e preocupações com a segurança.

A agência da ONU declarou terça-feira em redes sociais que estão agora inacessíveis o seu centro de distribuição e o depósito do Programa Mundial de Alimentos em Rafah, em consequência da operação militar em andamento em áreas do leste da cidade.

Segundo o órgão, a atual operação militar israelense causa um impacto direto na capacidade das agências assistenciais de fornecer suprimentos humanitários essenciais.

Um grande número de pessoas já foi forçado a fugir de Rafah para outros locais da Faixa de Gaza. Contudo, órgãos de mídia israelenses atribuem a militares a afirmação de que em torno de 300 mil a 400 mil civis ainda estariam na cidade.

São crescentes os receios de que haverá um impacto prolongado nas atividades assistenciais e um agravamento do problema humanitário em Rafah, já que Israel planeja intensificar as suas operações militares na área.