Premiê da Eslováquia é levado a hospital depois de ser baleado

O primeiro-ministro da Eslováquia, Robert Fico, foi levado a um hospital depois de ser baleado por um atirador não identificado.

O governo eslovaco declarou que o premiê sofre risco de vida, noticiou a agência Reuters.

O ataque ocorreu em Handlova, cidade da região central da Eslováquia, onde Fico se encontrava para participar de uma reunião governamental na quarta-feira.

A rede britânica BBC divulgou notícias de órgãos de comunicação locais segundo as quais o primeiro-ministro foi baleado quando cumprimentava o público após a reunião.

Fico teria sofrido ferimentos no abdômen e foi transportado de helicóptero para um hospital.

Um homem suspeito foi detido.

A agência Reuters também divulgou vídeos e fotos tiradas logo após o ataque. Imagens mostram uma ambulância com o som de sirenes e a cena do crime sendo isolada.

Um vídeo mostra homens que parecem ser seguranças do premiê colocando-o às pressas em um carro. Outras imagens mostram policiais que detêm um idoso de camisa e jeans.

Fico assumiu o poder depois de liderar o seu partido de oposição à vitória em eleição para o Parlamento em setembro. Ele defendeu na campanha que a ajuda militar à Ucrânia fosse suspensa.