NHK Responde: Cuidado com anúncios suspeitos de emprego (1) Vendas de cadernetas bancárias e cartões de saque

A NHK responde a perguntas relacionadas à garantia do bem-estar no dia a dia. Houve uma série de casos em que residentes estrangeiros no Japão se envolveram em crimes após se candidatarem a “empregos fáceis e bem remunerados” publicados nas redes sociais. Os suspeitos dos chamados empregos ilegais podem acabar sendo presos ou deportados para seus países de origem. Nesta série, compartilharemos exemplos de trabalhos que você nunca deve fazer.

Um dos trabalhos questionáveis que recrutam estrangeiros é a venda de cadernetas bancárias e cartões de saque. As contas bancárias costumam ser usadas posteriormente para crimes como fraude, e a venda e compra delas são um ato ilegal.

A Polícia Metropolitana de Tóquio afirma que dois vietnamitas na casa dos trinta anos que moram em Tóquio e Mie convenceram, através de redes sociais, um outro vietnamita morador de Osaka a enviar seu cartão em troca de dinheiro por volta de maio de 2022. Todos os três foram presos por suspeita de violação da Lei de Prevenção da Transferência de Recursos Criminais.

A Nichietsu Tomoiki Shienkai, uma organização sem fins lucrativos que apoia vietnamitas vivendo no Japão, afirma que comunidades em redes sociais onde muitos residentes vietnamitas se registraram realizam postagens solicitando a venda de contas bancárias, especificando certos bancos pelo nome. A organização também diz que costuma ouvir casos de vietnamitas vendendo suas cadernetas bancárias e cartões de saque em troca de dinheiro antes de voltarem para seu país de origem.

A Polícia Metropolitana de Tóquio está alertando residentes estrangeiros no Japão contra empregos ilícitos, dizendo que eles podem acabar sendo presos ou deportados para seus países de origem caso se candidatem a esses empregos sem pensar nas consequências.

As informações são de 13 de maio de 2024.