Vendas de carros na China crescem com a maior procura de modelos de “nova energia”

A comercialização de carros novos na China aumentou em abril em relação ao mesmo mês do ano anterior em razão de fortes vendas de veículos elétricos e de outros carros chamados de veículos de energia nova.

A Associação Chinesa de Fabricantes de Automóveis informa que, no mês passado, 2,35 milhões de veículos saíram dos pátios das concessionárias, em alta de 9,3%.

O aumento nas vendas de “veículos de nova energia” foi de 33,5% — mais de um terço do total.

A comercialização de híbridos plug-in cresceu 95% e dos veículos elétricos, 11%.

Quanto às exportações, o país embarcou 504 mil veículos em abril, em alta de 34% em relação ao mesmo mês do ano anterior.

O ritmo de alta supera significativamente o do ano passado, quando a China se tornou a maior exportadora de automóveis do mundo.

Contudo, autoridades de países ocidentais suspeitam que os carros chineses sejam vendidos por preços artificialmente baixos fora da China em consequência de superprodução, entre outros motivos.