Índia homenageia com monumento 80 anos de batalha da 2ª Guerra

Pessoas se reuniram nesta quarta-feira na região nordeste da Índia em cerimônia de inauguração de um monumento em homenagem aos mortos na chamada Operação de Imphal, da 2ª Guerra Mundial.

O monumento foi erguido na cidade de Kohima, do estado de Nagaland, para marcar os 80 anos da difícil operação. Autoridades locais organizaram a cerimônia.

Em 1944, o extinto Exército Imperial Japonês lançou uma ofensiva para derrotar forças britânicas em Imphal. Estima-se que 30 mil soldados japoneses tenham sucumbido ao lutar com suprimentos limitados. Foram particularmente sangrentos os combates travados na cidade de Kohima.

Ainda hoje são feitos esforços para localizar restos dos que morreram na batalha.

Estiveram presentes na cerimônia pessoas que viajaram do Japão, incluindo um familiar de um membro do antigo Exército Imperial. Elas depositaram coroas de flores no monumento e fizeram votos de paz.

Em discurso, o embaixador no Japão na Índia, Suzuki Hiroshi, expressou condolências à população local, que, em suas palavras, suportou um “sofrimento indescritível”, bem como a todos os mortos na batalha.

Um dos presentes destacou a sobrevivência de um parente nos combates e disse ser importante que as pessoas no Japão, no Reino Unido e na Índia transmitam a memória da tragédia às gerações futuras.