Filipinos planejam missão para fornecer mantimentos a pescadores no Mar da China Meridional

Entidades privadas nas Filipinas planejam realizar uma missão para fornecer alimentos, combustível e outros suprimentos a pescadores no disputado Mar da China Meridional.

Segundo os organizadores, cerca de 100 barcos de pesca de diversos tamanhos navegarão nas proximidades do Banco de Areia de Scarborough na próxima semana.

A China vem intensificando suas atividades marítimas na região, que Manila afirma ser uma área de pesca tradicional para barcos filipinos.

Na quarta-feira, a entidade Atin Ito, que integra a missão, declarou a repórteres que as embarcações vão partir em 15 de maio.

Os organizadores dizem que a missão visa afirmar pacificamente a soberania do país nas águas sob disputa.

Rafaela David, membro da Atin Ito, disse: “Por meio desta missão, buscamos transmitir uma mensagem contundente à comunidade internacional, em particular à China. Ao afirmar nossa presença de forma pacífica, mas firme, demonstramos o compromisso inabalável de defender nosso território marítimo e também o Estado de direito.”

Uma missão semelhante foi tentada em dezembro passado. Acredita-se que ela tenha se dirigido para perto do Banco de Areia de Second Thomas, onde está localizado um posto militar filipino. No entanto, a missão fracassou depois que membros disseram ter sido assediados pela Guarda Costeira chinesa e por milícias.