Daihatsu reinicia operações em todas as fábricas no Japão após escândalo de segurança

A fabricante de carros de pequeno porte da Toyota Motor, Daihatsu Motor, reiniciou as operações na fábrica de sua sede. A atividade havia sido suspensa por quatro meses e meio devido a um escândalo por conta de testes fraudulentos de segurança. Agora, todas as quatro unidades de produção doméstica da Daihatsu voltaram a funcionar.

Na terça-feira, a montadora reiniciou a produção de dois modelos na fábrica da província de Osaka, onde trabalham cerca de 200 operários.

No final de dezembro, a Daihatsu havia interrompido as operações de todas as suas fábricas no Japão, depois de admitir ter falsificado testes de segurança para obter a certificação do governo.

De lá para cá, a empresa foi reiniciando a produção em etapas, à medida que os reguladores confirmaram que modelos específicos atendiam aos padrões governamentais.

A Daihatsu já havia reiniciado a produção em fábricas nas províncias de Kyoto e Shiga, e em uma subsidiária na província de Oita.

A montadora agora voltou também a aceitar novos pedidos para quase todos os modelos disponíveis no mercado japonês, mas informou que as ordens não voltaram aos níveis em que se encontravam antes da suspensão.