Banco Asiático de Desenvolvimento realiza reunião anual na Geórgia

A reunião anual do Banco Asiático de Desenvolvimento (ADB) está sendo realizada na capital da Geórgia, Tbilisi. O Japão expressou sua intenção de fazer uma contribuição de mais de 160 bilhões de ienes, ou cerca de 1 bilhão de dólares, ao banco para dar apoio a países de baixo rendimento.

O ADB está comprometido a ajudar os países da Ásia e do Pacífico oferecendo empréstimos, doações e assistência técnica a projetos de infraestrutura e outros.

Durante a cerimônia de abertura, o presidente do ADB, Asakawa Masatsugu, assinalou que as populações mais pobres e vulneráveis do mundo, incluindo pessoas em nações insulares, estão sofrendo com as mudanças climáticas, choques econômicos e conflitos.

O presidente do ADB ressaltou que os benefícios do desenvolvimento não devem ser negados a ninguém. Asakawa disse que o banco está disposto a aumentar o volume da assistência que oferece a nações insulares e outras.

O ministro das Finanças do Japão, Suzuki Shunichi, disse no domingo que o Japão fará uma contribuição de mais de 1 bilhão de dólares ao ADB para prover países de baixo rendimento com mais fundos.

Suzuki disse esperar que o banco continue a desempenhar o grande papel que tem para a prosperidade da região.