Chanceler do Japão visita três nações africanas

A ministra dos Negócios Estrangeiros do Japão, Kamikawa Yoko, visitou três nações africanas para promover a cooperação econômica e confirmar a importância de construir uma ordem internacional baseada no Estado de Direito.

Kamikawa visitou Madagascar, Costa do Marfim e Nigéria em uma viagem de cinco dias pelas economias emergentes da África, que foi encerrada na quarta-feira.

Esta é a primeira vez que um chanceler do Japão visita Madagascar, uma nação insular do Oceano Índico. Kamikawa se reuniu com a ministra das Relações Exteriores, Rasata Rafaravavitafika, e confirmou que vão cooperar nos esforços para concretizar um Indo-Pacífico livre e aberto, com base no Estado de Direito.

Durante sua visita à Nigéria — um país rico em recursos naturais — Kamikawa e seu homólogo Yusuf Tuggar concordaram em promover a cooperação econômica, como assistência para startups nigerianas.

A ministra japonesa falou em uma entrevista coletiva no final de sua turnê pela África. Afirmou que o Japão, junto com nações africanas, elaborará medidas para concretizar o desenvolvimento econômico, a paz e a estabilidade na África. Ela disse acreditar que o dinamismo econômico que sentiu durante a visita será benéfico para a economia do Japão.

Sua turnê pelas nações africanas e asiáticas faz parte dos esforços do governo japonês para intensificar a cooperação com economias emergentes e países em desenvolvimento, conhecidos coletivamente como Sul Global.