Premiê do Japão parte em viagem de seis dias rumo a França, Brasil e Paraguai

O primeiro-ministro do Japão, Kishida Fumio, inicia a partir desta quarta-feira (1) uma viagem de seis dias em que passará por França, Brasil e Paraguai.

Na França, Kishida participará de uma reunião do Conselho Ministerial da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). O Japão presidirá as negociações.

Kishida planeja fazer um discurso no encontro. Pretende explicar os esforços do Japão para promover o que chama de “uma nova forma de capitalismo”. O premiê enfatizará a importância de manter e fortalecer uma ordem econômica livre e justa.

Kishida pretende anunciar o estabelecimento de uma estrutura internacional para discutir a promoção do uso de IA generativa e a criação de regras para resolução de problemas.

Kishida conversará com o presidente da França, Emmanuel Macron, em um almoço de trabalho. É provável que os dois confirmem cooperação nos campos econômico e de segurança, bem como no de promoção de intercâmbio de recursos humanos.

O primeiro-ministro então visitará o Brasil, que ocupa a presidência rotativa do G20, e em seguida, irá ao Paraguai para conversações de cúpula. A expectativa é que Kishida discuta cooperação econômica com os respectivos líderes de cada país.

No Brasil, Kishida fará discurso sobre a política do Japão em relação a laços mais profundos com a América Latina e o Caribe. Já se passaram 10 anos desde que um primeiro-ministro japonês proferiu discurso com essa temática.