Em reunião com Elon Musk, premiê da China promete apoio a empresas estrangeiras

O primeiro-ministro da China, Li Qiang, se encontrou com Elon Musk, diretor-executivo da fabricante de veículos elétricos Tesla, dos Estados Unidos, no domingo, em Pequim. Li ressaltou que seu país está disposto a apoiar empresas estrangeiras que operam ou planejam operar em território chinês.

Segundo o Ministério das Relações Exteriores da China, o premiê elogiou as operações da Tesla no país como um exemplo bem-sucedido da cooperação econômica e comercial de Pequim com Washington.

Li Qiang enfatizou a intenção de Pequim de promover o desenvolvimento sustentável e estável dos laços bilaterais.

Ele declarou que o vasto mercado da China sempre estará aberto a empresas estrangeiras. O primeiro-ministro chinês prometeu um melhor ambiente de negócios para que elas tenham tranquilidade ao investir no país.

Musk, por sua vez, teria considerado a fábrica da Tesla em Xangai como a de melhor desempenho da empresa. De acordo com ele, sua montadora está disposta a dar o próximo passo no estreitamento da cooperação com a China, com o objetivo de alcançar mais resultados positivos para ambos os lados.

Órgãos de imprensa dos Estados Unidos e da Europa relatam que era esperado que o empresário discutisse o lançamento do software Full Self-Driving (FSD), da Tesla, na China.

Li se reuniu com Elon Musk quando o atual primeiro-ministro era o principal membro do Partido Comunista Chinês em Xangai. Na época, Li Qiang ajudou a atrair investimentos do exterior, incluindo um acordo para que a Tesla construísse a fábrica de Xangai — a primeira da montadora fora dos Estados Unidos.