Líder do Irã evita falar da provável retaliação de Israel

O líder supremo do Irã, o aiatolá Ali Khamenei, elogiou o recente ataque do país contra Israel, sem se referir à provável retaliação de Israel.

O Irã lançou um ataque massivo contra Israel a partir de 13 de abril. Na sexta-feira, explosões ocorreram no centro do Irã. Vários meios de comunicação dos EUA informaram que foram uma retaliação por parte de Israel.

A TV estatal do Irã noticiou que Khamenei falou com comandantes das forças armadas do país no domingo. No discurso, ele se referiu ao ataque iraniano. Ele disse que o outro lado se preocupa a respeito de quantos mísseis foram disparados ou atingiram seus alvos, mas é significativo que o povo e os militares iranianos tenham demonstrado sua força de vontade ao mundo.

Ele não mencionou as aparentes contramedidas de Israel.

Observadores dizem que o líder supremo do Irã indicou que o país atualmente não tem intenção de aumentar as tensões realizando novos ataques.

No sábado, outra explosão com causas desconhecidas teria ocorrido em uma base de um grupo miliciano apoiado pelo Irã no Iraque.