Segundo a mídia estatal do Irã, não houve danos em instalações nucleares

A agência de notícias Fars, do Irã, diz que explosões foram ouvidas na província central de Isfahan na sexta-feira. Segundo órgãos da mídia estatal do país, as principais instalações, incluindo nucleares, não teriam sido danificadas.

Segundo um relato da Fars, a causa dos sons é desconhecida, mas eles teriam sido ouvidos em uma área no noroeste da província, perto do aeroporto de Isfahan e de uma base da força aérea iraniana.

Um outro órgão da imprensa iraniana, a agência de notícias Mehr, informou que as explosões ouvidas em Isfahan foram o som de três drones sendo abatidos. A agência disse que detalhes, como a origem dos drones, continuavam desconhecidos, mas que não houve danos na base da força aérea em Isfahan.

Segundo a agência de notícias estatal do Irã, não há relatos de um ataque aéreo em grande escala e nenhuma intercepção foi feita por sistemas de defesa antimísseis.

Nos Estados Unidos, meios de comunicação informaram que, segundo funcionários do governo estadunidense, Israel teria atacado o Irã.

A ABC News noticiou que, segundo um funcionário de alto escalão do governo, Israel teria disparado mísseis em retaliação ao enorme ataque do Irã contra Israel.

Já a CNN informou que, também segundo uma autoridade do governo dos Estados Unidos, o ataque de Israel não havia sido direcionado a instalações relacionadas a atividades nucleares do Irã.

Israel havia ameaçado tomar medidas retaliatórias contra o ataque de mísseis e drones em grande escala do Irã realizado no fim de semana, mas ainda não se sabe se Israel está por trás dos sons de explosões ouvidos nesta sexta-feira em Isfahan.