Índice Nikkei registra queda drástica devido a previsões sobre chips e tensões no Oriente Médio

Os preços das ações despencaram na Bolsa de Valores de Tóquio na sexta-feira, em meio a preocupações sobre a desaceleração da demanda por semicondutores e a possível escalação de conflitos no Oriente Médio.

Os investidores venderam ações em todos os setores, principalmente ações relacionadas a chips. O índice Nikkei de 225 ações selecionadas chegou a cair mais de 1.300 pontos ou 3,5% num determinado momento, encerrando o pregão em 37.068, uma queda de 1.011 pontos, ou 2,6%, em relação ao fechamento de quinta-feira. Esta foi a maior queda registrada em um só dia neste ano.

A queda das ações acontece depois de a gigante de semicondutores de Taiwan TSMC ter revisado para baixo sua previsão de crescimento do setor. O comentário da maior fabricante terceirizada de chips do mundo foi feito na quinta-feira.

Os pedidos de venda se ampliaram ainda mais na sexta-feira, depois dos relatos da mídia sobre explosões na região central do Irã.