Voluntários começam a trabalhar na cidade de Wajima, atingida por terremoto

Os voluntários começaram a limpar os escombros gerados pelo terremoto do dia 1º de janeiro na cidade de Wajima, província de Ishikawa, na região central do Japão.

A cidade não estava aceitando voluntários até agora, devido a apagões e interrupções no abastecimento de água em grande escala. Contudo, começou a recebê-los nas áreas afetadas no sábado, à medida que avançava o trabalho de reconstrução de estradas danificadas e de coleta de lixo relacionado ao desastre.

Cerca de 40 voluntários chegaram, em um ônibus, a uma instalação comercial na cidade, pouco antes das 11 horas da manhã. Eles tinham feito a inscrição para participar da atividade, por meio de um site criado pela província.

O prefeito de Wajima, Sakaguchi Shigeru, os recebeu no local. Ele afirmou que o envolvimento dos voluntários será o primeiro passo para ajudar as pessoas afetadas pelo terremoto a reconstruírem suas vidas, e que seu auxílio deve fazer com que as pessoas se sintam positivas.

Os voluntários entraram, então, em veículos para chegar a casas e hotéis afetados.

Um homem na casa dos 20 anos, da província de Saitama, disse que veio para ajudar as pessoas que estão em uma situação difícil, e que trabalhará arduamente por elas.