Japão prepara medidas de apoio à Ucrânia antes da reunião em Tóquio

O governo japonês planeja apresentar uma ampla gama de medidas para apoiar a reconstrução da Ucrânia em uma conferência em Tóquio a ser realizada neste mês.

O primeiro-ministro do Japão, Kishida Fumio, o premiê da Ucrânia, Denys Shmyhal, e outros funcionários governamentais devem participar da Conferência Japão-Ucrânia pela Promoção da Reconstrução Econômica, marcada para 19 de fevereiro. Representantes de empresas japonesas e ucranianas também devem participar do encontro.

As medidas que o governo japonês planeja apresentar na reunião incluem apoio aos esforços de recuperação, como remoção de minas terrestres e descarte de escombros.

O plano inclui também auxílio para melhorar a produtividade da agricultura, que constitui o principal setor na Ucrânia. As autoridades também planejam oferecer assistência para expandir os negócios digitais e a infraestrutura de energia e transporte da Ucrânia.

O tratado sobre tributação entre os dois países deve ser revisado, uma vez que promover a participação do setor privado é considerado essencial para acelerar tais medidas de apoio.