Federação Japonesa de Ordens dos Advogados será presidida por uma mulher pela primeira vez

Fuchigami Reiko se tornou a primeira mulher a ser eleita presidente da Federação Japonesa de Ordens dos Advogados.

Em abril ela assumirá a função por um período de dois anos.

Até hoje nenhuma das três federações de advogados, promotores e juízes no Japão foi presidida por uma mulher.

Fuchigami, de 69 anos de idade, nasceu na província de Nagasaki, da região sudoeste do país. Tornou-se advogada em 1983 e foi presidente da Ordem dos Advogados de Tóquio.

Ela declarou sexta-feira que fará o possível para fazer valer a igualdade entre sexos e colaborar para que haja maior respeito à diversidade.

Fuchigami manifesta expectativa de que venha a ser considerada inconstitucional a disposição do Código Civil do Japão pela qual casais são obrigados a ter o mesmo sobrenome.

Em quase todos os casamentos no país, as mulheres trocam o próprio sobrenome pelo do marido.