Moradores desabrigados pelo terremoto se mudam para habitações temporárias na cidade de Suzu

Moradores desabrigados da cidade de Suzu, na província de Ishikawa, começaram a se mudar para moradias temporárias na sexta-feira. Muitas casas foram severamente danificadas pelo terremoto na Península de Noto, que atingiu a região central do Japão no dia de Ano Novo.

Uma moradora na faixa dos 80 anos foi ver a residência temporária com a filha. A casa onde moravam, no mesmo distrito, foi destruída pelo terremoto.

A mãe disse ter ficado feliz ao ser informada de que poderia se mudar para lá. Ela disse que havia apenas uma cortina de privacidade no centro de evacuação, mas que agora vai poder viver em paz e sossego. Disse ainda que seu quarto é mais espaçoso e mais quente do que ela esperava.

A filha disse que o futuro ainda é incerto, mas está grata por ter eletricidade e água corrente.

Na cidade de Suzu, 456 casas temporárias estão sendo construídas em cinco locais. As primeiras 40 ficaram prontas no pátio da Escola Shoin de Ensino Fundamental.

Um total de 8.280 casas foram destruídas ou parcialmente danificadas em Suzu. A cidade planeja construir cerca de 2.500 casas temporárias.