Governo japonês designará ursos como “espécie selvagem sob controle”

O Ministério do Meio Ambiente do Japão planeja designar os ursos como “espécie selvagem sob controle” até o final do mês de abril, quando os animais sairão da hibernação.

O ministro do Meio Ambiente, Ito Shintaro, anunciou o plano na quinta-feira, após um painel de especialistas do ministério ter proposto a medida no início do dia.

O procedimento ocorre uma vez que o número de ataques de ursos em todo o país atingiu um novo recorde no atual ano fiscal. A designação permitirá que o país apoie a captura de animais selvagens que prejudicam os meios de subsistência dos seres humanos, os produtos agrícolas e o ecossistema.

Ito disse, em uma entrevista à imprensa, que o ministério implementará rapidamente as medidas para proteger as pessoas dos ursos, em cooperação com os ministérios e governos regionais relevantes.

Ele disse esperar que os governos locais trabalhem para evitar danos causados pelos animais. Acrescentou que isso pode ser feito, não apenas capturando os ursos, mas bem como através de maneiras adequadas às suas comunidades, monitorando as populações de ursos e controlando o meio ambiente para manter os animais longe de onde as pessoas vivem.

Ito disse que seu ministério fornecerá apoio técnico e financeiro para evitar danos causados por ursos com base nos conhecimentos científicos e para garantir a segurança dos habitantes.

O painel tem estudado a questão desde dezembro do ano passado atendendo a uma solicitação da província de Hokkaido e outras da região nordeste, onde muitos casos de ferimentos relacionados a ursos têm sido relatados.

No Japão, de abril do ano passado a janeiro deste ano, 218 pessoas foram feridas por ursos. Esse número já supera o pior total, de 158 pessoas, contabilizado em todo o ano fiscal de 2020.

Segundo o painel, as populações de ursos têm aumentado amplamente, elevando a preocupação com os ataques. Contudo observou que, em Shikoku, na parte oeste do Japão, os ursos estão em risco de extinção.

O ministério planeja seguir a proposta do painel de excluir os ursos de Shikoku do programa de controle e captura.