NHK Responde: Como proteger a saúde em abrigos (5) — Amamentação

A NHK responde a perguntas relacionadas à mitigação de desastres. Muitas pessoas ainda estão vivendo em abrigos temporários após o grande terremoto que atingiu a Península de Noto, região central do Japão, no dia de Ano-Novo. Nesta série, analisamos maneiras de proteger a saúde enquanto se mora em um abrigo. Hoje nos concentramos na amamentação de crianças.

Muitas mães de famílias com bebês alojadas em abrigos sentem desconforto ao amamentar em um ambiente onde estão cercadas por outras pessoas. No entanto, um especialista em dieta e nutrição afirma que é importante que mães lactantes continuem a amamentar, pois a amamentação reduz o risco de contração de doenças contagiosas e proporciona uma sensação de bem-estar aos bebês.

Se a família usa leite em pó, deve continuar o uso, mas certificando-se de esterilizar as mamadeiras. Caso a esterilização não for possível, pode ser usado um copo de papel higienizado. A criança deve ser posta em posição vertical e a borda do copo deve tocar o seu lábio superior. Essa ação fará com que o bebê mova a boca e comece a beber o leite. Para matar as bactérias presentes no leite em pó, a água deve estar em temperatura a partir de 70 graus Celsius. Não é recomendado dissolver o leite em pó em água gelada e em seguida aquecer o leite com aquecedores de bolso descartáveis, já que existe o risco da proliferação de bactérias.

Essas informações são do dia 7 de fevereiro.