Secretário de Estado dos EUA pede por paz “duradoura” em Gaza

O secretário de Estado do governo americano, Antony Blinken, encontrou-se com líderes do Catar para discutir o que ele chama de “término duradouro” da crise em Gaza.

Na terça-feira, Blinken deu uma entrevista coletiva com o primeiro-ministro do Catar, Mohammed bin Abdulrahman Al-Thani, em Doha. Eles disseram que receberam uma resposta “positiva” do Hamas em relação à proposta de libertar reféns sequestrados pelos militantes no mês de outubro passado.

Blinken acrescentou que os líderes israelenses também receberam a proposta. Os Estados Unidos estão estudando-a “seriamente”. Acrescentou que discutirá o assunto com os israelenses quando se encontrar com eles na quarta-feira.

Blinken e Al-Thani discutiram também a respeito de um meio para estabelecer um estado palestino.

Até agora, o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, tem resistido a tais apelos. Ele se reuniu com os militares na segunda-feira e lhes disse que Israel não terminará a guerra sem obter a “vitória absoluta”. As forças estão prontas para avançar à cidade de Rafah, no sul de Gaza, onde mais de 1 milhão de palestinos se encontram refugiados.

O Egito tem ajudado na entrega de artigos de ajuda humanitária por meio de Rafah e, na terça-feira, Blinken se reuniu com o presidente egípcio Abdel-Fattah el-Sisi, no Cairo, e lhe agradeceu pelos esforços realizados.