Controladores de tráfego aéreo pedem aumento no número de empregados para ocupar nova função

Um sindicato trabalhista que representa controladores de tráfego aéreo e outros trabalhadores no Japão está pedindo ao Ministério dos Transportes, Infraestrutura e Turismo a designação de mais pessoas para preencher um novo cargo destinado a melhorar a segurança nas pistas.

O sindicato fez o pedido ao Departamento de Aviação Civil do ministério na terça-feira. Cerca de 70% dos controladores de tráfego aéreo pertencem ao órgão trabalhista.

O ministério criou o posto nos principais aeroportos, incluindo nos de Haneda, Narita e Kansai, para monitorar continuamente uma tela que mostra a localização dos aviões.

A medida foi tomada após a ocorrência de uma colisão fatal na pista do Aeroporto de Haneda, em Tóquio, que causou a morte de cinco pessoas no mês de janeiro.

Os controladores de tráfego aéreo estão executando a nova tarefa sem funcionários adicionais. O sindicato demanda que seus membros tenham a oportunidade de falar em um painel de especialistas criado pelo ministério para discutir a segurança nas pistas.

Também exige que cuidados mentais sejam disponibilizados para quaisquer funcionários de aeroportos em todo o país.

O líder sindical Yamasaki Masato disse, em uma entrevista à imprensa, que a força de trabalho dos controladores de tráfego aéreo está se elevando lentamente demais para lidar com o crescente número de aeronaves que entram e saem do Japão.

Ele disse que a carga de trabalho por empregado continua aumentando, e acrescentou que a designação de mais controladores é essencial para garantir a segurança dos passageiros e tripulantes.